As maiores reclamações sobre higienização automotiva, e por qual motivo elas não fazem sentido

A higienização automotiva pode ser vista de forma equivocada por muitos leigos. Geralmente esse procedimento é entendido apenas como antiecológico, já que dispense excessivos litros de água durante a lavagem de um carro.
Outras pessoas acusam a higienização automotiva de ser um processo caro, pois, segundo elas, são utilizados inúmeros componentes químicos. Desvendamos alguns desses mitos abaixo.
Sustentavelmente correto.
O fato é que essas constatações estão parcialmente erradas, já que ainda existem muitos lava-rápidos de bairro que se utilizam de água e sabão para o serviço. De fato, o uso desmedido desse recurso propicia desperdícios prejudiciais ao meio-ambiente. Por isso que muitas oficinas estão se abstendo desse retrógrado procedimento.
Felizmente existem alternativas ecologicamente corretas, como a higienização a seco ou a lavagem a vapor. Possibilidades econômicas que são recomendadas tanto para a limpeza externa quanto interna do veículo. Em ambos procedimentos, todo o material utilizado deve possuir certificado junto a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
Preço elevado
O segundo tipo de reclamação mais comum se refere a precificação implementada por muitas oficinas. Evidente que existem muitas empresas que trabalham com valores altos. Geralmente esses lugares se dispõem a oferecer a mais completa higienização automotiva.
Nesse serviço são realizados diversos processos como lavagem, aspiração e limpeza profunda de porta-malas, bancos e painéis. Não é por menos que esse tipo de higienização é tão custoso. Porém ela não é imprescindível, podendo ser realizada apenas uma ou duas vezes em um espaço de cinco anos.
De R$50 a R$200 é possível encontrar serviços de qualidade, que dão conta de toda a limpeza automotiva.
Formação dos profissionais
Lembre-se que os profissionais devem ter qualificação para desempenhar o ofício. Caso contrário a lataria, entre outras partes do automóvel, pode sofrer danos durante o processo de higienização. Atente-se a esse importante detalhe.
Os bons especialistas são os que tiveram acesso a formação profissional de qualidade. Tal como os alunos que saem dos cursos ministrados pela Rgolden.
FacebookTwitterGoogle+WhatsAppCompartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *