Carros que não fizerem recall, terão alerta em documento

Duas novas portarias do Ministério de Justiça e Segurança Púbica, em conjunto com o Ministério de Infraestrutura, estabelecem novas regras para o recall de veículos.

A principal mudança é o registro do não comparecimento do recall no CRLV, o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo — documento de porte obrigatório.

Publicada no Diário da União na terça-feira, dia 2, as medidas entram em vigor em setembro, 90 dias a partir da publicação.

Na prática, o condutor que não levar seu veículo para reparar defeitos de fábrica no período de 1 ano a partir da publicação do chamado, será notificado no documento do veículo (na versão digital e física) quando fizer o licenciamento.

A portaria criará o  “Serviço Nacional de Notificação de Recall de Veículos”, que determina que os donos de veículos envolvidos em recall sejam avisados diretamente e como proceder para repará-los.

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppCompartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *