O sistema eCall e a segurança rodoviária

imagem

sistema eCall tem como principal objetivo ajudar no salvamento de vidas humanas, uma vez que avisa o telefone 112 de forma automática, em caso de acidente. Dessa forma, o atendimento aos feridos será sempre agilizado, aumentando a possibilidade de sobrevivência e reduzindo sequelas, de forma a evitar danos irreversíveis. De acordo com a União Europeia, até 2018 todos os veículos novos já devem ter instalado o sistema eCall.
No momento em que ocorre um acidente rodoviário, em grande parte das vezes, o tempo de espera para a chegada dos paramédicos pode ser insuficiente para salvar a vida dos feridos. Segundo estudos, 70% das mortes em acidentes rodoviários acontecem até 30 minutos depois de o acidente ter ocorrido. Por isso, e para que o número de mortes seja cada vez menor, os responsáveis pela segurança rodoviária tentam facilitar a implementação do sistema de emergência eCall. Ele detecta a gravidade do acidente através de sensores instalados no veículo, grava uma mensagem solicitando apoio à central do 112 por localizador GPS. O sistema também permite que a chamada seja manual, pelos ocupantes.

imagem-2

Segundo a Comissão Europeia, a rapidez e a eficácia do eCall deverão possibilitar que cerca de salvar 2500 vidas por ano sejam salvas, ajudando a diminuir a gravidade das lesões em cerca de 15% dos casos. Com este sistema de emergência, os médicos e os paramédicos podem reduzir e estabilizar as vítimas de forma mais rápida, assim como as autoridades rodoviárias conseguem gerir de forma mais eficaz as situações de trânsito perigosas oriundas dos acidentes como, por exemplo, outros potenciais choque e colisões em sequência, derivados do primeiro sinistro.

O eCall já está implementado, há alguns anos, em países como a Suécia, Finlândia, Reino Unido, Holanda e Eslovénia, com  resultados são muito positivos. Na Finlândia, por exemplo, no primeiro ano de implementação, o número de acidentes mortais diminui 10%. Ele requer a coordenação de toda a rede de comunicações de forma que a chamada de emergência passe por todos os canais fornecedores de serviços móveis sem limitações, uma vez que têm caráter prioritário e gratuito. Leia mais pelo link

Fonte: http://www.circulaseguro.pt/seguranca-passiva/ecall-seguranca-rodoviaria

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppCompartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *