PERIGOS DO TRÂNSITO: CUIDE DA SEGURANÇA DAS CRIANÇAS

11-900x444

 

Que o trânsito mata milhares de pessoas diariamente não é novidade, afinal todos os dias vemos acidentes acontecerem. O que não temos noção é da quantidade de crianças que acabam envolvidas nesses acidentes. Segundo a ONU (Organização das Nações Unidas) aproximadamente 500 crianças morrem, diariamente, em todo mundo, devido a acidentes de trânsito.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) aponta que, a cada quatro minutos, uma criança morre em um acidente de trânsito. Esse tipo de morte é o mais comum entre adolescentes de 15 a 17 anos.

No Brasil não é diferente, de acordo com o DPVAT as indenizações pagas por morte e invalidez permanente supera a média de 50, todos os dias, o que resulta em 20 mil ao ano. Muitos podem estar se perguntado como tantas crianças podem ser vítimas do trânsito, já que elas não dirigem. É que desde bebês elas são transportadas, principalmente em veículos de passeio, e depois começam a ir e vir da escola, o que significa, especialmente em grandes centros urbanos, estar dentro de um veículo, seja carro, van ou ônibus, pelo menos duas vezes ao dia.

As mortes no trânsito na faixa etária de 0 a 19 anos cresceram 54,5% na primeira década do século XXI. Em 2010, de cada 10 jovens com menos de 19 anos que morreram por causas externas (não naturais), três foram vítimas de acidentes de trânsito.Para diminuir os riscos é necessário consciência e comprometimento de todos, especialmente dos condutores. Fique atento a cuidados fundamentais, que são capazes de salvar vidas:

  • o uso correto das cadeirinhas é fundamental. Crianças recém-nascidas até um ano (com menos de 13 quilos) de idade devem viajar no bebê-conforto ou assento conversível, sempre no banco de trás. O equipamento deve ficar preso de forma que rosto do bebê esteja de frente para o encosto do banco traseiro.
  •  crianças de um a quatro anos precisam das cadeirinhas. Nelas as crianças ficam sentadas olhando para frente, e devidamente presas ao cinto de segurança do equipamento.
  •  entre os quatro e sete anos e meio as crianças precisam do assento de elevação, e começam a usar o cinto de segurança do próprio veículo.O assento faz com que a criança fique na altura correta para utilizar a cinta do ombro do cinto de três pontos.
  •  somente a partir dos 10 anos que a criança poderá viajar no banco da frente, nunca esquecendo de usar o cinto de segurança, hábito de deverá levar por toda a vida.
  •  a cadeira, ou qualquer outro equipamento de segurança, deve estar devidamente preso ao banco do carro.
  •  ao comprar equipamentos de segurança confira se eles são certificados e possuem o selo do Inmetro. Esta é a garantia de que o produto foi testado e resistirá a um acidente.
  •  estudos americanos apontam que as cadeiras de segurança, sendo instaladas e usadas corretamente, diminuem os riscos de morte em até 71%, em caso de acidente.
  •  no tocante a ser transportado em garupas de motos, só podem ser crianças a partir dos sete anos, desde que alcance os pés no estribo de apoio, e faça uso do capacete.
  •  muitas crianças também são vítimas de atropelamentos, por isso oriente seu filho sobre como agir estando na posição de pedestre: ande na calçada; olhe para os dois lados ao atravessar a rua, mesmo que ela seja de mão única; atravesse sempre em faixas de pedestre ou passarelas; sempre que possível se oriente pelo semáforo ao atravessar a rua; em locais de pouca sinalização atravesse em lugar reto, que dê boa visão.
  •  também é importante ensinar a criança que: não deve colocar os braços ou cabeça para fora de janelas de veículos; não pode brincar no meio da rua; e caso uma bola caía na rua é preciso chamar um adulto para buscá-la.
  •  e jamais esqueça que carro não é brinquedo e nem lugar para brincadeiras, e as crianças precisam estar cientes dos perigos. Elas nunca devem ser deixadas sozinhas perto de veículos e menos ainda dentro deles.
  • Mantenha o carro sempre trancado, mesmo que estiver na garagem de sua casa, e isso serve também para o porta-malas, que pode ser um ótimo esconderijo durante uma brincadeira.
  • Ao transportar crianças, sempre acione as travas de segurança e, nunca se esqueça de se certificar de que retirou as crianças do carro quando chegar ao seu destino.
FacebookTwitterGoogle+WhatsAppCompartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *