Você sabe se proteger no trânsito?

Relembre dicas de direção defensiva e dirija com mais segurança

Na aula teórica da auto-escola escutamos várias vezes que não estamos sozinhos nas ruas e que a direção defensiva é a melhor maneira de prevenir acidentes – causados por nós ou mesmo por outras pessoas. Por mais que muitas atitudes pareçam triviais ou difíceis de serem seguidas na correria do dia a dia, elas podem ser o limite entre o perigo e a segurança, então é muito importante ficar atento. Por isso, separamos algumas dicas de direção defensiva para você não esquecer mais.

girodenoticias_protecao_1 (Foto: Divulgação Dunlop)

• mantenha uma distância segura do veículo que está à sua frente. O recomendado são dois segundos de distância, que podem ser medidos de acordo com um ponto fixo na via. Parece muito, mas isso pode impedir batidas por freadas bruscas, facilitar seu caminho quando o carro da frente for fazer uma curva, e até evitar algum tipo de engavetamento. Lembre-se que o motorista de trás geralmente é culpado pela batida.

• é bom evitar dirigir de noite ou de madrugada, pois a percepção de risco fica menor nestes momentos, portanto, é mais difícil evitar buracos e notar desvios. Se for inevitável, fique atento ao farol alto para evitar a cegueira momentânea de quem vem no sentido contrário. Durante o dia, o reflexo do sol também pode cegar por alguns segundos, por isso, utilize óculos de sol.

• as curvas são grandes causadoras de acidentes, por isso, reduza a velocidade antes de realizar a manobra e, caso não seja possível, vá pisando levemente no freio durante o movimento, mas sem frear bruscamente. Também é bom evitar trocar de marcha nas curvas.

• sempre lembre das regras básicas como ultrapassar sempre pela esquerda, utilizar cinto de segurança, não bloquear a via nem estacionar em cruzamentos, sinalizar com o pisca alerta quando precisar parar o veículo em lugares não usuais e sempre ficar atento aos movimentos dos motoristas ao seu redor.

girodenoticias_protecao_2 (Foto: Divulgação Dunlop)

• o motorista também deve verificar o estado do carro antes de dirigir, afinal, prevenção é a melhor defesa. Confira sempre o estado dos equipamentos de uso obrigatório como cintos de segurança, espelhos, limpador de para-brisa e sistema de iluminação. Também nunca deixe de verificar o nível dos óleos do motor e do freio, a situação do estepe, a calibragem dos pneus e a quantidade de combustível restante.

De acordo com a polícia e os bombeiros, o aumento recente no número de acidentes nas ruas se deve à imprudência ou à inexperiência, o que significa que eles poderiam ter sido evitados. Por isso, é muito importante prestar atenção nas vias, ajudar caso veja algum acidente e sempre respeitar a sinalização de trânsito. Cautela e paciência podem tornar o trânsito mais tranquilo e seguro para todos.

 

fonte

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppCompartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *