Combata o desgaste e mantenha seu carro sempre novo

Saiba quais atitudes tomar para conservar os componentes do seu veículo por mais tempo.

O desgaste do carro é natural. Basta tirá-lo da garagem para dar uma voltinha que seus componentes já começam a sentir a ação do tempo e do uso. Ainda assim, algumas atitudes podem prolongar a vida útil do veículo. A principal delas é a manutenção preventiva que, junto com as informações contidas no manual, protege especificamente cada componente do veículo. Conheça melhor algumas dessas atitudes.

dunlop_desgaste1 (Foto: Divulgação Dunlop)

• Embreagem: responsável por conectar o movimento do motor com a transmissão do veículo, ao se desgastar, pode dificultar ou impossibilitar o engate das marchas. Por isso, é recomendado não descansar o pé no pedal da embreagem e deixar o carro em ponto morto enquanto estiver parado. É importante também sempre lembrar de arrancar com o carro em primeira marcha, e acertar a sincronia entre soltar a embreagem e acelerar, poupando combustível e o carro em geral.

• Reserva de combustível: circular desta forma, além de correr o risco de ficar na mão com a pane seca, pode ser extremamente prejudicial para o carro. No fundo do reservatório ficam depositadas impurezas que podem ser sugadas junto com o combustível restante, causando o entupimento de algum filtro. Além disso, essa falta pode causar o superaquecimento da bomba de combustível, que pode queimar.

• Troca de óleo: A troca de óleo é fundamental para o bom funcionamento e a duração do veículo. Recomenda-se que o óleo seja trocado a cada 5 ou 10 mil km rodados, de acordo com a recomendação do manual. Sua utilização por tempo excessivo pode causar acumulo de resíduos, deixando-o mais espesso, perdendo suas propriedades lubrificantes e comprometendo sua função de limpeza do motor. Além disso, a falta de troca de óleo pode levar o motor a travar, causando um enorme prejuízo.

dunlop_desgaste2 (Foto: Divulgação Dunlop)

• Revisões periódicas: o funcionamento adequado do carro se deve à ligação entre vários componentes. Se um deles para de funcionar corretamente, outros podem ser danificados e o resultado será desastroso – e custoso. Para evitar que isso aconteça, é muito importante fazer revisões periódicas no seu veículo, de acordo com o manual, garantindo a durabilidade dos componentes do carro e a prevenindo acidentes.

• Direção defensiva: As atitudes diárias do motorista também influenciam muito na vida útil do seu veículo. O carro deve ser conduzido sem agressividade, grandes acelerações ou freadas muito bruscas. O ponteiro da rotação do motor não deve ter grandes oscilações, pois isso gera desgaste em várias peças. Além disso, o modo de direção previne acidentes e custos ainda maiores.

FONTE G1

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppCompartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *