Com que frequência eu devo lavar o carro?

Todo motorista deve se preocupar com a limpeza do carro. Lavar o carro é um processo de remoção de contaminantes, tais como areia, sujeira, restos de mosquitos e maresia da superfície externa do seu veículo, além disso, manter a lataria limpa estende a vida útil do veículo e a durabilidade da pintura. Mesmo podendo fazer em lava-jatos e postos de gasolina, muitos donos preferem cuidar da limpeza em casa, por economia e até como hobbie. Mas quais são as melhores formas de lavar o carro sozinho?

De um modo geral, se o seu carro é utilizado diariamente, então uma lavagem por semana deve ser suficiente para manter a pintura livre de poeira e pequenas sujeiras, mantendo a superfície do veículo limpa e bem cuidada. Se você prefere lavar seu carro com uma frequência maior que esta, fique atento para não acelerar o aparecimento de pequenos defeitos sobre a pintura, mais conhecidos como micro riscos ou teia de aranha. Isto ocorre por que a grande maioria dos pequenos riscos ocorrem na remoção da areia ou poeira durante o processo de lavagem, estes fragmentos deixam pequenas marcas e riscos leves sob a superfície da pintura. Utilizando as técnicas e produtos apropriados estes riscos podem ser minimizados, mas nunca eliminados completamente. Entretanto, a frequência que você lava seu carro vai influenciar diretamente a velocidade que estes pequenos defeitos aparecem na superfície externa do veículo.

Use produtos adequados

Hoje, já é possível encontrar produtos específicos para cada parte do carro, e o investimento vale a pena – usar detergente de louças ou sabão em pó pode danificar a pintura do veículo ou causar manchas. Na ausência de um shampoo próprio para a linha automotiva, use sabão neutro.

As luvas de lavagem também merecem atenção. Use luvas de lã natural ou microfibra, que absorvem melhor as partículas. Esponjas feitas de espuma mantém a sujeira na superfície e riscam o verniz da pintura.

Na hora de secar o carro, as toalhas de tecido sintético também podem danificar a pintura. Dê preferência às de microfibra ou algodão. Por fim, você vai precisar de duas escovas macias: uma para lavar os pneus e outra para as rodas.

Lave por partes

A orientação geral é lavar o carro de cima pra baixo: primeiro teto, depois vidros, capô, porta-malas, laterais e rodas. Entretanto, há quem recomende lavar primeiro as rodas. Como acumulam mais sujeira que a carroceria, começar por elas evita que os resíduos respinguem no resto do veículo quando ele já estiver limpo. Ainda sobre as rodas, deve-se esperar que elas esfriem antes da lavagem, para que não haja empenamentos no contato com a água gelada.

– Carroceria

Comece molhando do teto para baixo. Se não puder usar um lavador de alta pressão, aumente a pressão do esguicho da mangueira. Depois, vista a luva, mergulhe-a em uma solução de shampoo e água e espalhe suavemente a espuma pelo teto. Vire a luva sempre que limpar uma nova área e enxague-a após usar os dois lados. O mesmo procedimento pode ser feito nos vidros, capô e tampa traseira.

– Laterais

Aqui, é preciso ter um pouco mais de atenção. Para lavar a metade superior, pode-se usar a mesma luva utilizada no resto da carroceria. Já a parte inferior, que costuma ser delimitada pelos borrachões, acumula mais sujeira e exige o uso de outra luva.

Quando terminar, remova a espuma do shampoo utilizando o esguicho com menos pressão e deixando a água escorrer vagarosamente sobre o veículo.

Secagem

Use toalhas de microfibra, algodão ou silicone. Há duas maneiras de secar o carro: arrastando lentamente a toalha aberta sobre a superfície ou comprimindo-a sobre uma área para absorver a água. Independentemente do método, é importante manter o veículo na sombra para evitar o aparecimento de manchas.

Limpeza interna

Não deixe de lado o interior do carro. Para uma limpeza eficiente, utilize aspirador portátil. Dê atenção aos locais mais esquecidos, como cantos e partes internas das portas. Os tapetes de borracha devem ser retirados e lavados com bucha e sabão.

 

 

Fonte: Big Tires

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppCompartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *